Óculos de sol: a importância e o perigo!

14 de setembro de 2015 Moda

     Antigamente eu era daquelas que comprava um bando de óculos de R$10,00 na praia (ou na feira kkk) e me achava o máximo com a minha economia do momento. Até que um dia, conversando com o meu oculista, ele me falou:

     Sabe quando os olhos ficam fechadinhos diante à claridade? Pois é, essa é uma defesa do nosso corpo contra os raios prejudiciais e nocivos do sol. Dessa forma, quando estamos usando um óculos de sol, os nossos olhos não fecham porque entendem que estão num lugar seguro e aí as pupilas dilatam. Mas aí é onde está o problema: com isso, os olhos ficam mais expostos a radiações e esse óculos não tem as devidas proteções (tipo anti UV), vão facilitar que esses raios entrem nos nossos olhos e queime a nossa retina ainda mais, visto que ela está vulnerável.

     Ou seja, gata: fique sem óculos, mas não use um falsiê! Depois disso, minha gente, eu comecei a pre preocupar muuuuito mais com a minha vista. Achei um absurdo isso! Não uso mais óculos falso ou sem nenhuma proteção nem a pau. (no máximo, uso alguns baratinhos pra fotografar porque são diferentes, de ilustração, mas coloco só na hora do click) 

     Achei super importante compartilhar isso com vocês porque, do mesmo jeito que um dia eu usei qualquer lente, sei que muita gente também cai nessa “ilusão econômica”. Então, se você não tem dinheiro agora pra comprar um óculos bom, é melhor esperar um pouco sem usar óculos e depois comprar um realmente seguro.



Falando nisso, também fui dar uma pesquisada na internet e achei uma matéria bem legal no blog Coisas de Diva, onde elas entrevistaram um oftalmologista do Instituto de Oftalmologia de Curitiba (IOC) com algumas dúvidas comuns:


01. O uso de óculos de sol é necessário nos dias de sol forte? Existe algum risco em não usá-los?
Sim, o olho é um órgão frágil que, como a pele, sofre danos causados pela radiação ultravioleta (UV) – isso não se aplica apenas aos dias de sol muito forte ou ao verão, já que os raios UVA e UVB também incidem nos dias nublados. A exposição a estes raios afeta todas as estruturas oculares, pois penetra em profundidades diferentes, causando doenças na superfície ocular como tumores palpebrais, pterígio e ceratite. Além disso, existem evidências clínicas de que a catarata e a degeneração macular relacionada à idade (DMRI) podem ter a radiação UV como uma das causas.
02. Como escolher uma lente adequada para os óculos de sol? Existe alguma especificação que o cliente precise procurar?
É necessário conferir se a lente escolhida já possui a proteção contra os nocivos raios UV. Em geral, existe um selo do fabricante que garante a proteção UV da lente. É importante ressaltar que não apenas os óculos escuros servem para proteção ocular. Os óculos de grau com lentes claras também podem e devem receber o tratamento com filtros que bloqueiam os danosos raios UV.
03. O que são lentes polarizadas?
As lentes polarizadas são as únicas que reduzem o brilho e proporcionam proteção contra os raios ultravioleta sem alterar a cor do ambiente. A vantagem desse tipo de lente é que ela elimina o desconforto da visão ofuscada, a imagem fica mais nítida e as coras mais naturais.
04. Qual é o lugar adequado para comprar óculos de sol? Existe risco em comprar modelos mais em conta vendidos em lojas populares?
Os locais mais adequados são as óticas, pois oferecem aos clientes produtos de qualidade, com garantia de procedência e das marcas mais conceituadas. Em lojas populares é mais difícil encontrar estas garantias e mais fácil de adquirir um produto sem o filtro necessário – o que é muito perigoso. Óculos muito escuros dilatam a pupila, deixando-a mais exposta. Se o acessório não tem o filtro de proteção, o seu uso estará prejudicando os olhos, não protegendo. Para comprovar se os óculos solares possuem realmente uma proteção eficaz, há um equipamento chamado UV Tester, que o Instituto de Oftalmologia de Curitiba disponibiliza, que é capaz de avaliar se existe o filtro em um óculos e se ele é resistente o suficiente.
Previous Post Next Post

Você pode gostar também

Sem comentarios :(

Deixe um comentario